Farmacogenética

As variações genéticas em genes de enzimas metabolizadoras, transportadoras ou receptoras podem contribuir para diferentes índices de metabolização, e consequentemente, respostas distintas aos medicamentos. Nesse sentido, os exames farmacogenéticos permitem investigar os perfis de metabolização dos fármacos de maneira individualizada para cada indivíduo, contribuindo por nortear a escolha do medicamento mais efetivo e apropriado, e com doses que os efeitos terapêuticos sejam potencializados e os efeitos adversos minimizados. Portanto, a Farmacogenética permite a personalização terapêutica, a prescrição individualizada, compondo, dessa forma, a Medicina Personalizada.